3/2/19

Não se frustre com as escolhas

Quando você faz uma escolha você está escolhendo não escolher todas as outras coisas.

2 minutos de insights

Já pensou na combinação que sairia de um javali com um fio de cabelo? Nem eu. Esse é um exemplo de como as coisas podem parecer confusas na nossa cabeça na hora da criação. A possibilidade de conectar um número infinito de coisas na nossa cabeça as vezes nos paralisa. As opções de escolhas na hora de ter uma ideia são infinitas porque para fazê-las basta ter imaginação. 

E qual é o limite da imaginação?

Quando você faz uma escolha você está escolhendo não escolher todas as outras coisas. Ou seja, quando você está criando, você tem que fazer uma escolha de não escolher todas aquelas outras ideias que você ainda nem teve. Isso pode ser muito frustrante, não é verdade? Todos temos 24 horas no dia, não importa se você é você ou se é o Bill Gates. Se você escolhe uma coisa, você sacrifica todas as outras coisas, e muitas pessoas ficam com medo de abrir mão de alguma coisa e logo não investem em nada. Cuidado para não espalhar a sua energia em uma área imensa de atividades onde nada acontece. Tenha foco na hora de resolver um problema que demanda criatividade, mesmo sendo importante o processo de incubação que explicarei mais pra frente.

É engraçado, se temos só uma opção e achamos ruim, colocamos a culpa no mundo e está tudo certo. Se temos várias opções e tomamos a decisão errada, colocamos a culpa em nós e ficamos frustrados. Quem sabe, depressivos. As vezes preferimos que a vida entregue algo pronto a nós do que escolher o que queremos. Eu mesmo já passei uma música no pendrive do carro mas depois gostei de ouvir a mesma música quando tocou na rádio sem a minha permissão.

O Ipod Shuffle está ai como prova da frustração das escolhas. Por tocar as músicas aleatoriamente, terceirizou para o universo a frustração das escolhas e foi recorde de vendas na época do seu lançamento. Quando não existe a possibilidade de tomar uma decisão errada, nos sentimos mais confortáveis. Vai entender. Vivemos atualmente com expectativas muito altas. Temos acesso a tanta informação que nos sentimos culpados de não ter uma boa ideia.

Entenda que você vai ter que fracassar muito até chegar em algo relevante. 

Muitas ideias ruins aparecerão mas elas serão o trampolim para ideias melhores. Não trate as escolhas como definitivas, entre em estado de estar e não de ser. Está sendo difícil e está sendo desafiador. Não deixe as infinitas possibilidades te paralisarem. Isso faz parte do processo, é o nosso cérebro tentando poupar mais energia.

Quer ter mais insights sobre criatividade? Veja o conteúdo completo em Como ser mais Criativo.

Web Designer e estudante de criatividade, curte questionar o mundo e analisar o comportamento de nós seres humanos. É fundador do projeto Pagebooks que entrega conteúdos fodas com uma apresentação impecável através do bom design.

VER TODOS OS POSTS
INSIGHTS CRIATIVOS

RECEBA minha falta de juizo no seu email

Wohoo! Fica de olho no e-mail que novos conteúdos serão lançados em breve.
Oops! Something went wrong while submitting the form.
SUAS INFORMAÇÕES ESTÃO SEGURAS